Páginas

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Blogagem Coletiva \o/

E hoje é dia de Blogagem Coletiva. A iniciativa veio do Ronaldo, blogueiro que juntou uma galera massa pra escrever sobre Halloween (Importando Folclore). E ali embaixo, você confere uma história mirabolante da minha mente fértil para este dia,rs :D



Um brasileiro americanizado chamado, Mark

Episódio de hoje "Halloween"

Hoje eu acordei muito, mais muito irritado.Um dia frio, nublado, ótimo para tomar aquele vinho, comer aquele chocolate, se reunir com quem você gosta. E então estava eu apreciando meu sono matinal quando alguém bate na porta. Fiquei indignado porque é Halloween, poxa nem nessa data os chatos, cobradores, idiotas e afins dão um tempo.Aff, que saco hein. Olhei pro relógio, era 8:30 da matina. Virei pro lado, e insistiu em bater, e claro lembrei que não morava nos Estados Unidos e comecei a me revoltar. Eu que na noite seguinte havia dormido tarde, pois fiquei com minha amiga escolhendo a roupa preta com roxo para irmos ao baile da faculdade. - Brasil sabe como é, eles não comemoram como nos Estados Unidos, isso me irrita. Copiam eles em tantas coisas, porque não fazer uma festa Halloween descente não é? Me irrita essas histórias de saci pererê, boi sei lá o bumbá o que, curupira, não desmerecendo nosso país, mas que nomes pobres hein. Tá bom, parei de criticar.

Voltando ao sono, estava sonhando em encontrar Madonna bem louca dançando “Papa Don’t Preach” em meio Halloween, e o melhor na rua da minha casa, ai que sonho. Demorou uns 10 minutos e o maldito voltou a bater na porta. Fiquei um pouco mais bravo, virei pro lado coloquei o travesseiro na minha cara e nada do idiota se mandar. Olhei pro outro lado, cansado e indignado. Poxa, hoje eu não trabalho porque graças a abóbora eu ganhei folga e vem um idiota bater na minha porta. Eu queria ir para os Estados Unidos, mas não terminei meu módulo 4 na Wizard, então não quero arriscar. – Ai que droga, esse idiota não foi embora?! – Pensava eu aflito em ter que levantar da cama. Olhando em cima do criado mudo, fiquei vendo a maçã que havia deixado no fim da noite, para simbolizar a vida já pela manhã, mas o retardado emocional, sem nenhum pingo de respeito, em plena 08:50 da manhã estava lá batendo em minha porta. Bom na raça levantei e fui até a porta.

Na ida até a mesma, encontrei um gato preto que invadiu minha sala pela janela, já de cara assustei e comecei a ficar neurótico. Fui vendo que não ia ser um dia bom. Passei debaixo da escada que estava no meio da minha sala e acreditem, cai o maior tombo e o maldito gato veio pra cima de mim, me machucando (emocionalmente é claro), ele estava varado de fome, tadinho. Me levantei, ainda com o pouco glamour que me restou e fui até a porta. Abri todo feliz (você deve imaginar minha cara de simpatia) quando 6 belas crianças estavam lá fora, vestidas de bruxas, magos, morcegos...OUN tinha uma menina tão lindinha vestida de fada, vontade de morder as bochechas. Mas ai né, perguntei então:
- O que querem lindinhos? – Fazendo a Paulina com a cara amassada e fingindo amar a situação. Totalmente esquecido daquela certa brincadeirinha básica. Mas ao mesmo tempo séria, depois de algum tempo de pesquisa descobri que o "bolo das almas" é importante e tem uma certa seriedade.
- Doce ou travessuras? – exclamou a fadinha tão fofa que eu havia amado.
Sem reação na hora, sorri e disse:
- Aqui não é Estados Unidos, porque não vão brincar e fazer um dia normal como todos os outros, sem essa ordinariozinhos!?– Ignorava com classe.
- Doce ou travessuras? – exclamou o gordinho lá atrás vestido de Abóbora. Fiquei fulo da vida, todos eles em um só coro perguntavam agora:
- Doce ou travessuras? - Fiquei bravo e bati a porta na cara deles. Me irritei, não ia dar meus doces aquelas crianças nojentas que a partir daí se tornaram nojentas (heh).Quando senti que minhas janelas que havia limpado na quarta estavam sendo sujas com a raiva daquelas crianças que levaram a sério a brincadeira mais popular do folclore americano.

Vocês devem imaginar a minha cara de Sidney Prescott sendo atacada pelo serial killer mais doidão da cidade, fiquei fulo, abri a porta e xinguei aquelas crianças, de repente recebi uma torta na cara, gritei, expulsei e eles saíram felizes. Felizes porque estavam por um momento vivendo aquela brincadeira , estavam participando da cultura americana (de um jeito bruto, mas tudo bem). Sentei no chão da sala, comecei a dar risada sozinho, peguei aquele gato preto, lindo por sinal, dei comida, arrumei a casa, e sim eu esqueci aquilo rapidamente. Convidei todo o bairro e a noite dei uma festa de Halloween. Eu por um momento agradeci por nascer no Brasil, prefiro ser atacado pelo saci, do que ser atacado por crianças furiosas em plena 9 da matina. Bom, termino aqui dizendo que adoro os EUA, mas também amo de coração meu país e não troco por nada a cultura e a tradição brasileira. Tá, esquece que eu disse isso, rs.

obs.: Tá, mas ano que vem essas crianças malditas me pagam!

( Mateus Bonez ;D )

Feliz Dia das Bruxas Childrens do Tio Mah, hoho*

32 comentários:

lidiane disse...

ashaushua

que legal sua história!!!

toc, toc, toc...

doces ou travessuras?


ashuahsua

abçs

e, legal vc ter participado tbem!!!


Lucas de Oliveira Halloween

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

ashauhsua

estava logado com o perfil da minha namorada


desculpa o lapso, ai...



__

passa la no meu blog tbem!

abçs

Lucas de Oliveira Halloween

Ana disse...

muito boa sua trama...realmente folclore importado esse lance de dia das bruxas...na minha época de criança isso só existia nos USA
Ana Lucia Nicolau
www.analucianicolau.adv.br

Karla Hack disse...

heheheh
Muit boa a postagem!
Este jogo entre EUA e Brasil!
Até que gosto do dito Halloween...
Mais das festas.. fantasias e filmes
Mas também sou uma entusiasta a cultura nacional..
;D

Amanhã irei postar tmb.. com relação a sta blogagem coletiva!

;D

bjus

Bruno Battousai disse...

Ei bicho, na moral mesmo, massa sua ideia de postar histias, naum tinha pensado nisso!

Patricia disse...

Happy Halloween!

Vi seu blog na comu do Orkut e vim visitar seu blog! Gostei!
Passa lá no meu blog tb:
http://blogdapattyandrea.blogspot.com

bob.loco Ah ViDa Eh lOcA mAnO!!! disse...

heheh mente criativa

abraços

Jonathan Alves disse...

Mais um na blogagem coletiva!!! rumo ao domínio do mundo vocês em!
^^

Beline Cidral disse...

É velho, acho que um dia você deveria mesmo ir para os EUA, primeiro porque você não conhece o próprio país,segundo que quem sabe lá você perceba como é bom viver ai, eu sei porque moro fora e sinto muita falta!

Jorge C. Reis disse...

Que bem escrito e bem imaginado.
Parabéns pela participação

Danilo disse...

fertil mesmo tua mente, gostei ^^

Cássia Barbosa disse...

Que fofo!

Passa depois no meu blog...
bjos!

http://porta-joias.blogspot.com/

Alisson disse...

legal! embora hoje não curta mais o dia das bruxas made in USA, curti o teu post! heheh
té mais!


-------
www.dacordasuapaz.blogspot.com
-------

SiD disse...

Cara, se você não vai aos EUA os EUA vem até nós.

Leo Pinheiro disse...

O bom é que vc escreve posts pequenininhos, né? rs

Ok, eu entendi a idéia. Mas tudo, tudo se copia e...

Essa atropofagia tb é bela. O próprio Haloween, é irlandês e não americano... garanto que eles lidam melhor com essa reivenção do que a gente.

Pq optar entre o Hallloween e o carnaval? Podemos ter os dois, oras

Publisher Girl disse...

AHAuahiahua
Boa!

HUmm, volte sempre
Bjus!

Ronaldo disse...

Ops!!!

Cara estou rindo até agora!!!

Valeu pela participação! E ainda bem que vc não troca sua cultura por nenhuma outra!

Abraços!

Augusto disse...

HAuhAUhA Blogagem coletiva legal...

Historia boa hein...

Parabéns

RodrigO [OsBunitãO] disse...

Show de bola! Fui acordado assim tbm hj!

douglasfert disse...

hauahuaa

Muito bom o seu texto. E muito bem pensado! Tudo tem o seu preço!
Se o Halloween fosse plenamente celebrado aqui eu só iria levar travessuras. Não iria dividir meus doces com as crianças! rsrs


abrss....

ºDreº disse...

Caraaaaaaaaa
Q shoooooooow.
Massa.
Tem post novo lá amanhã
Anjo 4
Tbm te espero lá.
Beijos

lgresende disse...

Bom, Mateus. Criativo e nos dá uma boa idéia do deslocamento que o hallowen é em relação ao Brasil.

Will.ieR disse...

Oláá, valeu pelo coment's no meu blog! De verdade! Fico feliz que gostou.
Blogagem coletiva? Gosteii! Deu certo essa históriaa!
Ótimo post! Já linkei seu blog no meu.
Beijo do sobrinho Will.
\o/ \o/ \o/

Happy Haloween!

M. disse...

Que legal isso do Hallow. Queria participar de algo com outros blogs, mas nem tenho criatividade pra história de hallow (ou será que tenho?).

Obrigada pelo comentário. Meu blog mudou de template, de cara e está com um banner pequeno de parceria. Se quiser fazer parceria, me avise ok?

Texto novo também.

Bye.

luiz scalercio disse...

legal o texto!

Alcione Torres disse...

Que bom que vc gostou do meu blog! Apareça sempre!
Abs.

http://sarapateldecoruja.blogspot.com/

Tatah Santini disse...

Adorei o texto! Também participo da blogagem. Beijão!!

Eduardo César disse...

MAH, amei. *-*
Ah, na minha opinião essa festa é a única coisa legal dos EUA. Deixa quem gosta gostar né? :D

Hugo Bessa disse...

Ficou boa sua história.
Eu adoro certos aspectos da cultura americana, como o Halloween... mas eu tb adoro o saci, a cuca. rsrs. Brasil tb é cultura.
Ah, e essas iniciativas coletivas são sempre boas.
Abraço

evipensieri disse...

Adorei !!!

Elvira

YOKO disse...

Também estou participando da blogagem coletiva. Adorei participar e conhecer todos vocês. Adorei a sua postagem!

Aprendendo a Língua Japonesa

Serena Flor disse...

Nossa cada um com mais criatividade que o outro!rsrsrs
Adorei seu post de Halloween, muito criativo mesmo!
Também participei da blogagem coletiva, mas só agora estou tendo tempo pra fazer uma visitinha aos companheiros de blogagem.
Parabéns...ficou muito show!
Serena.