Páginas

domingo, 6 de julho de 2008

Ao provedor (:

Querido e conceituado provedor de Internet, preciso dedicar um espaço aqui no meu blog a você.Não sei o que seria de mim sem você, pois somente o sinal não ia funcionar muito.Bom, antes eu tenho umas reclamações a fazer.Tipo, encho um monte sua bola, divulgo você, e você nem um desconto para me oferecer ! Nem sequer aumenta a velocidade mais um pouquinho, isso me choca sabe porque? Porque todo mês estou eu lá naquela maldita fila de banco ou lotérica para ficar em dia com você e parece que você não reconhece.Mas tudo bem , quem sabe você tenha alguma mágoa de mim pois quase não uso o e-mail enviado e de vez em quando fico rogando pragas porque fico sem ajuda.Mas isso tudo também não justifica a grande admiração que tenho por você. O que seria de mim se você não existisse não é? Você ajuda muitas pessoas e fora que não é sempre que fica fora do ar, e quando fica eu pareço um louco ligando atrás de você para voltar a trabalhar direito. Te agradeço por ouvir minhas reclamações e dar crédito ao dinheiro que pago, você sabe que é um dinheiro suado e que eu sou uma pessoa muito correta.Só ainda não entendo e não compreendo a sua admiração por outras pessoas mais do que eu!? Juro, eu não entendo.Porque eles ganham desconto e eu não? Tudo bem que é 3%, mas isso ia me ajudar muito, ia mesmo.Na semana passada, muitas pessoas ficaram sem Internet no estado de São Paulo, e aqui no Sul graças a Deus isso não aconteceu, digamos que metade dessa vitória vai pra você, pois aqui você funcionou direitinho e isso me deixa lisonjeado.Quero também dizer que na próxima semana entrarei no e-mail enviado okey?! E também prometo responder e assinar todas as suas dicas e ofertas, quem sabe assim você acaba se apegando em mim assim, como eu me apeguei em você.



Só por favor, não fique em manutenção todo dia.Isso me irrita e fico possessivo, espero que você pelo menos tenha essa consideração e faça a bendita manutenção só quando for de extrema necessidade. Obrigado, e espero resposta.

Um grande beijo, Mateus Bonez.

Nenhum comentário: