Páginas

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Sólia querida


Tardes de Sólia é baseado em poemas meus. Devaneios e histórias sem fim, sem começo, fora do nexo. Sólia foi uma espécie de alter ego dos meus 19 anos. Posso dizer assim.

Veja a sessão de fotos que fiz com minha prima e leia novamente os poemas de Sólia.