Páginas

domingo, 9 de agosto de 2009

Meu Pai



Não me lembrei de você só hoje. Eu me lembro todos os dias, principalmente quando me sinto sozinho no mundo. Quando minha mãe se foi, você não estava lá. Quando eu descobri o sexo, você também não estava por perto pra mim fazer escondido. Quando me dediquei a obras socias, você estava viajando. Você nunca esta por perto, mas sei que você ainda me ama. Pois eu ainda te amo Pai, eu ainda peço todos os dias pela sua vida. Mesmo distante, te escondo num cantinho do meu coração. Mesmo tão inacessível, te amo com toda minha alma. (Mateus Bonez)

2 comentários:

Marton Olympio disse...

Não tenho pai e hoje sou.
Estranha sensação de dever cumprido.
Mundo que da voltas.

Belo post cara.

abs!

Rodolfo Soares disse...

Opa, Feliz dia dos pais pra ele ae...

Abraços
Rodolfo Soares
www.borarir.net