Páginas

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Oh, mother, why aren't you here with me?

Havia um tempo que eu sonhava sempre. Hoje não sonho mais, meus pés tocam o chão com mais freqüência e quase não tenho tempo para voar. Quando eu tinha mãe, as coisas eram mais fáceis. Ela me dava amor, me dava atenção, me dava carinho. Mas ela se foi, ela me deixou. Do meu pai eu só ganhei carrinhos, lp’s, baralho, fitas de videogame e nada mais. Nunca ouvi da sua boca uma palavra de amor, juro. Nunca. Um Eu te amo pra ele eu acho que é bicho. Mãe, porque você me deixou sozinho aqui? Oh mãe, por que você não está aqui comigo? As vezes eu não entendo a lei da vida, não entendo o porque de sentimentos estranhos e frios. Não estou triste, estou só. Acho que isso já basta. Havia um tempo que eu sonhava sempre. (Mateus Bonez)



Boa semana, e ótimo mês pra todos e pra mim. (:

16 comentários:

Guilherme Santos disse...

puxa veio é foda
eu graças a deus até hoje vivo com meus pais

Fabíola Oliveira disse...

Apesar de ser um texto triste, eu não senti tristeza em suas palavras. Senti mais solidão conforme você mesmo disse. Parece alguém em busca de um apoio emocional e não só de coias materiais...

Carininhááh disse...

Nossa isso é muito ruim
Eu nem quero me imaginar sem meu pai em minha mãe
Graças a Deus eu tenho os dois
Mas ñ se sinta só pq Deus está contigo...pode ate as vezes parecer q ele esqueceu de vc, mas isso nunca acontece ele está e sempre estará nos momentos bons e ruins de nossas vidas...sempre nós dando forte.E eu sei q dá onde a sua mãe estiver ela está olhando por vc..
E a respeito do selo vc mereceu seu blog ta show
Continue fazendo sucesso no seu blog
Kiss

By:Carine

╬ Nothing has sense ╬ Felipesfr disse...

dificel mesmo né...
mas, mesmo assim desse geito, essas coisas nos moldão e tenho certeza que serás e já és alguem que consegue olhar as pessoas com o olhar mais opronfundado..
é dificel.. ~complicado... a vida corre, parece dura, mas sempre está disposta a nos ensinar...

Capitão Nemo disse...

Isso é real?
Uma das postagens mais tristes e solitárias que já li na blogosfera.
E olha que de solidão eu entendo.

Ficaria honrado com sua visita ao Nautilus:
http://ocapitaonemo.blogspot.com/

Lucas disse...

bom blog mais tem mtos blogs iguais o seu hj...é uma critica construtiva sério mais axei legal...

Carlos Junior disse...

mto triste

agradeço tds os dias por ter os meus

belo texto tb

blog disse...

Bem, se o tom é confessional, ótimo, porque vc conseguiu fugir da pieguice.
Bacana.
Se não, melhor ainda, justamente porque pareceu brotar de uma honestidade à toda prova.
Abraços

Ipsis Litteris

Anynha ^^) disse...

Pq seu banner é de meninos?

By ANynha ^^)
http://www.garotas-amc.blogspot.com/

Cris disse...

Parece eu... Apenas mudar a palavra "mãe", por "pai". Entendeu? Beijocas...

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador...Mateus...
A inteligencia traz algumas comorbidades ao sujeito... de modo geral, antipatia/timidez são duas delas... Com o amadurecimento, voce vai conseguir disfarçar o ar blase que quem não está com paciencia para ouvir abobrinhas sem interesse algum...vai até conseguir se concentrar e demonstrar algum interesse...Mas, uma coisa não será modificada. Sentimento de estar só. De fato, voce está só.
apesar de gregario, homens são sós.
venha nos visitar será um prazer.
http://avassaladorasrio.blogspot.com
p.s.: porque tanto ingles?

Diego Batista disse...

as vezes é bom não sonhar, e sim fazer esses sonhos realidade de uma vez, e sua mãe nunca te deixou, aposto que esta sempre com vc no seu coração!

adorei as palavras muito lindas!

Janine disse...

Imagino o quanto seja dificil perder a mãe tão cedo. seja forte coleguinha, pq a vida só é dura pra quem é mole!

;P

Du disse...

Pareceu mais com um tipo de saudades - falta da mãe, mas não senti tristeza. Não que esteja ruim, está ótimo. Tô só feliz porque não fiquei triste lendo seus textos hoje. 8D/

Beijos, Du. :*
[ http://morbidnote.blogspot.com/ ]

Sammyra Santana disse...

Ain menino... sente um abraço bem apertado de novo, sente?
Só isso q tenho pra te dizer hj!

Ananda disse...

é o mesmo que sinto, só substitui a pessoa principal (mãe) por avô.



http://opniaoinutil.blogspot.com/