Páginas

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Algumas linhas.

Não sou uma pessoa amarga. Sou uma pessoa decidida, e muitas das vezes mal incompreendida. E isso é estranho. Se eu acredito em sonhos? Depende do ponto de vista. Minhas tardes são azuis, porque são tristes. Minhas noites despertam o doce desejo de dormir eternamente, e pela manhã, sim. Somente pela manhã eu sinto que estou vivo, porque é pela manhã que eu me lembro que tudo pode até dar errado, que tudo até pode ser injusto. Mas é pela manhã, quando o dia nasce, uma nova esperança nasce com ele. Não preciso ter mais nada além disso, só meu cigarro e meu wiski. Bom Dia. (Mateus Bonez)


É, viciei em Maysa. A minissérie é muito bem produzida e a atriz Larissa Maciel dá um show de interpretação. E não vou negar que o ator que representa o Boscôli é muito melhor que o mesmo, ui. Então, tenho ouvido muito algumas músicas dela e tem me inspirado demais, não sabia que era tão bom assim.
Enfim, ótimo dia pra mim (:

22 comentários:

André disse...

nao curti - nem um pouco - a maysa da miniserie é uma santa perto da verdadeira.

Gúh! disse...

essa miniserie é meio cansativa, tinha mais pulga naquele cachorro que a globo não quis mostrar

mateusbonez disse...

Gente, vejam pelo talento dela. Música fossa as vezes é bom KKKK.

Marcel disse...

Temos que lembrar que é o filho dela que está na direção, não é mesmo?

Mas eu tô gostando sim. Não tanto pelo texto do Manoel Carlos (que é super tosco!), mais pela produção, pela fotografia, pelo olhar subjetivo do Jaime e, é claro, pelas boas atuações.

A música dela, no contexto da época, tem uma qualidade impecável mesmo. Gostaria que fossem reconstruídas, pelo menos algumas, com uma roupagem mais moderna. Tipo o que o Pato Fu fez com "A volta do Boêmio", do Nelson Gonçalves.

Tiago Cervo disse...

Não me leva a mal, mas minissérie da globo não rola... produção porca, sempre querendo estragar coisas boas.
Desculpa camarada mas não dá pra mentir e dizer que a série é boa.

Grande abraço

http://ccdodia.blogspot.com/

Lucas Conrado disse...

Adorei o primeiro parágrafo, tirando o cigarro e o wiski do final. Quanto à mini-série, não assisti e, com sinceridade, não tenho o menor interesse de assistir... mas que bom que você gostou!

http://lucasconrado.blogspot.com/

- Nah Duarte disse...

Gostei do que você escreveu.
Bom que goste das músicas e da minisséire,eu já não gostei de nenhum dos dois.
As letras são legais,não gosto da música mesmo.
Também não gostei da atriz,slá!
Mas é assim mesmo.

Beatriz Paz disse...

Ah, eu gostei da minisserie, mas como não conheço a historia da atriz (a verdadeira) não tenho como dar uma opinião muito sólida.
Mas eu gostei da atriz :)
Beijos@!

André disse...

voce poderia atualizar mais seguido seu trabalho - ele é bom mas falta mais posts.

Fernanda disse...

Maysa realmente é uma boa minisserie. Mas , pq toda cantora polêmica morre cedo??


http://fpontodexclamacao.blogspot.com/

RomMa disse...

Também estou curtindo assistir Maysa, embora já tenha perdido o capítulo de ontem. :S

http://congelandomeusmomentos.blogspot.com

Silvano Filho disse...

eu boa msm.
eu gostei da minissérie.
naum perco nenhum capítulo rs.

o/

Edu disse...

apesar de muito ter sido escondido, a série é boa. música de fossa. <3

Arlequim disse...

A minissérie é bem boa mesmo. As musicas da maysa são boas também, mas não gostei tanto da interpretação da Larissa não, sei lá pq. rs

Beijão, querido

Sammyra Santana disse...

Que bom que conheceu e gostou da Maysa!
Fico pensando como fica a cabeça e o coração do Jayme Monjardim dirigindo essa minissérie... não é fácil retratar uma história tão difícil assim, cuja protagonista é sua propria mãe...
SAUDADES MIL!
Feliz tudo pra vc! =D

Hugo Bessa disse...

Tb sou um pouco incompreendido, mas fazer o que... rs
Maysa é muito bom mesmo, e eu também já virei fã da cantora. Um grande exemplo a seguir. rsrsrs
Abraço

Will.ieR disse...

Tiooo! Tioo! Tiooo!
Você me desculpa meu sumisso??
É que tava totalmente sem paciência pra blogar, e estava numa fase (aparentemente débil) de mudanças pessoais. Mas eu ainda estou aquii! =)

Agora versão 2009! =)

Olhaa só! Eu amei o primeiro parágrafo da postagem! A autoria é suaa? Por isso que eu me orgulhoo! (L)

E eu tbm viciei em Maísa! *---*
Ela é demais né? Eu diria quase uma Amy Winehouse do século passado!

Te add no fotolog, mas vc nunca deixar os comentários abertos né?
=/

Ai ai ai, tio!
Me add ai tbm! hueheuhe!

http://www.fotolog.com/will500kmh

;)

Beijonabuxexa!

Janine disse...

Gúh! disse...

essa miniserie é meio cansativa, tinha mais pulga naquele cachorro que a globo não quis mostrar

Quinta-feira, Janeiro 08, 2009

Veja da seguinte forma, querendo ou não a emissora tem de ter o mínimo de respeito com a falecida, ou vc inocentemente acha que a família dela não cesurou alguns fatos da vida da mulher, que todos nós sabemos não foi nenhuma santa. Nenhuma das imagens foi produzida aleatoriamente. Eu pessoalmente estou tão viciada quanto o Matheus, talvez até mais! Ainda mais com o filho da mulher na direção do trabalho!

30 e poucos anos. disse...

Como é que confundem uma pessoa decidida com uma pessoa amarga?

Pablo Basilio disse...

Também estou viciado em Maysa.Pena que terá apenas 9 capítulos.
Li uma matéria ontem que inicialmente a minissérie teria 16 capítulos, mas por conta dos fracassos anteriores a globo preferiu não arriscar, e se ferrou, pois a minissérie é um sucesso.

Me apaixonei pela Maysa.

http://pablobasilio.blogspot.com

Leo Pinheiro disse...

Fossa as vezes é bom, importante etc e tal.

Mas não é cool. Parece que a moda agora (?) é ser over.

Fossa de butique não rola.

Bekinhaa disse...

Poxa kra gostei do texto!
=D