Páginas

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Contos estranhos da imaginação .

E você se vai

Oi George.
Eu não ia escrever essa carta, porque estou um pouco revoltada com você. Mas não guardo mágoas de você, que isso fique claro.Eu esperei por você naquele quarto de hotel por horas, até achei que tinha errado o dia do encontro, mas fazemos isso há décadas. Não conhecia esse seu lado, achei que nunca seria traída como fui por você. Quando cheguei no quarto reserva que com certeza você deve ter se esquecido que eu sabia, não imaginava que ia te pegar no flagra, mas infelizmente para o meu ego feminino aguçado, ia ser com alguém que tivesse o mesmo órgão que você tem, quer dizer acho que você nem tem, pra me enganar desse jeito. Vocês tinham muita intimidade, não era coisa de 'Oi, quer transar?'. Isso me deixou com muito nojo, queria sair dali imediatamente mas eu precisava de uma prova que não era você, foi aí que você disse que eu era fria. Que raiva de você, seu mentiroso. Eu não contei a Rafaela ainda, não sei como ela vai reagir. Só quero que saiba que vou pedir pra que tudo dê certo na sua vida, quer dizer eu quero que você morra...não, minha filha não pode...ah e me esqueci de te contar que a Rafaela é filha de seu irmão. É, todos tem uma carta na manga, e eu tenho a minha. Por mim você nunca mais aparece aqui, faça esse favor. E da próxima vez que quiser uma perereca, faça o humilde favor de se olhar no espelho. Boa viagem. Juanita.

obs.: Isso aconteceu entre 89 e 91. Foi Dita quem disse, rs.

( Mateus Bonez ;D )

18 comentários:

Karla Hack disse...

Uma espécie de descrição de Casos de Família.. só que muito mais elegante, é claro!
O ser humano é complicado.. imagine manter uma relação, uma vida com outro... neh?!

;D

bjus

Brunín...® disse...

Foi paia o comentário de cima... descrição de Casos de Família é demais pra minha cabeça!!

Mas o texto ficou bom... manter uma vida dupl/tripla deve ser realmente muito complicado

Malcan disse...

cai de parquedas e não entendi o texto!! hahahaha!! foi mal!!

Abraço!!

30 e poucos anos. disse...

Que tóim ... filha do irmão ?

Flá Absolut disse...

Não entendi muito bem o texto.... mas tudo bem :)

Leh disse...

Nao entendi... =(

HUAhUAhuHaU

mas o pior é q li 2x e to curioso ainda! hUAhuahUAhu

mateusbonez disse...

É uma carta de uma mulher traída pelo marido. Um conto digamos assim. Só pq ela fala por códigos com ele, gente não acredito que tive que explicar o óbvio ¬¬ ,OKSAOKSOSAKA

;p

ºDreº disse...

Também gostei daqui.
voltarei sempre.
Beijos

Hugo Henrique disse...

Eu realmente não entendo!
Porque alguém se casa se na verdade não é aquela pessoa que ama? Se não é aquilo que na verdade aquela pessoa quer pra ela?

É... Na verdade existe algumas coisas que nos permite entender o porque disso. E é exatamente por isso que eu peço a Deus que me dê oportunidades para que eu me prove e tenha certeza que realmente aquela pessoa é a que eu realmente quero me casar.

Tudo de bom pra você!
Abração!

' loory disse...

kkkkkkkkkkkk
muito bom, muito bom.
que horror..
HSUIAHSIUAHSIH

entãão, caat..
eu fico muuuito triste quando perco
as coisas.. principalmente
quando envolve minha máquina..
que eu não fico sem ;x heheeh

beeijomeliga :*

Bruna Cabral disse...

=O
ahuahuahahu, ótimo!
Pois é, moça grossa né? uahuahua

Eu conheço um George... MEDO!

=D

Beijos

http://oquevocequerserquandocrescer.blogspot.com/

Blogueiro Lecal disse...

muito bom o texto

Rodrigo Carreiro disse...

a safadeza humana é linda!

A'ZaF disse...

aaiii caramba....minha mente imaginou todas as safadezas que aconteceram naquele quarto hohoho...

Diego Batista disse...

nossa qe do mal meu!
tadinha dela!
mas é desde 89 o mundo ja era uma merda!

Eduardo César disse...

Ai, isso foi nojento até pra mim O_O' Depois digo porque.

mateusbonez disse...

HAHAHAHA, isso que não postei o conto em detalhes (:

Picolé de Chuchu disse...

Viva nossa humanidade sem noçaõ!!

http://wwwpicoledechuchu.blogspot.com


Passa lá!!